Embu e Taboão: cidades irmãs em pé de guerra

Nenhum comentário

Nos dias 18 e 19 de fevereiro Embu das Artes e Taboão da Serra comemoram, respectivamente, 60 anos de emancipação política-administrativa de Itapecerica da Serra. Embu celebra seu aniversário no dia que saiu o decreto emancipatório enquanto Taboão comemora na data da assinatura de sua emancipação. Durante os últimos 59 anos o relacionamento entre ambas cidades era de amizade e cumplicidade, onde Taboão – que sempre teve um orçamento melhor do que Embu – doou medicamentos para a prefeitura da cidade vizinha, e os dois municípios lutaram pela construção do Hospital Geral Pirajuçara.

Essa relação de amizade entre os municípios mudou em agosto de 2018, durante a campanha eleitoral, quando o prefeito embuense Ney Santos (PRB) causou mal-estar com Fernando Fernandes (PSDB) ao afirmar que iria fazer o próximo prefeito e presidente da Câmara de Taboão da Serra. Ney se aliou com seis vereadores – Eduardo Nóbrega, Carlinhos do Leme, Érica Franquini, André Egydio (todos do PSDB) e Alex Bodinho (PPS) –  em busca de apoio político para eleger a irmã de Ney, Ely Santos, e os parlamentares se tornaram oposição de Fernando, dando, o que o prefeito taboanense classificou, um “golpe”.

Além disso, a divulgação de notícias falsas – chamadas “fake news” – sobre a Deputada Estadual Analice Fernandes, esposa de Fernando Fernandes, tentou arranhar a imagem da deputada reeleita durante a campanha eleitoral de 2018 enquanto Hugo Prado (PSB) – candidato de Ney – não conseguiu vencer o pleito estadual.

Ney cumpriu o que prometeu e, em dezembro de 2018, o vereador Marcos Paulo (PPS) foi eleito presidente da Câmara de Taboão, que em coletiva classificou o prefeito embuense como “mentor do BI” e “importante para o processo” eleitoral do legislativo taboanense. Fernando Fernandes perdeu a presidência e a maioria governista na Câmara Municipal.

Hoje, Ney Santos é visto como o culpado pelo racha no governo de FF e também aponta interesse em eleger o próximo prefeito de Itapecerica da Serra, cidade vizinha de Embu.

O racha político entre as duas cidades estremeceu, também, o relacionamento entre os munícipes. Nas redes sociais tornou-se comum encontrar taboanenses criticando a administração embuense, e vice-versa.

Procurado para comentar sobre a relação com Taboão da Serra, o prefeito Ney Santos (PRB) não atendeu a reportagem até o fechamento desta matéria.

A secretaria de comunicação de Taboão foi procurada para comentar o assunto e também não respondeu a reportagem até o fechamento desta matéria.

Foto: Reprodução/ Allan Reis – Taboão em Foco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s