Fila Zero já custou R$ 5 milhões, Clínica São Bento recebeu R$ 4,6 milhões

Nenhum comentário

Lançado em julho de 2017 o Programa Fila Zero de Embu das Artes já custou mais de R$ 5 milhões aos cofres da prefeitura de Embu das Artes. R$ 4,6 milhões com a Clínica São Bento para realização de consultas e exames e R$ 716 mil com a Alpha Vision para realização de consultas oftalmológica.

Em 2018 a Clínica São Bento recebeu pouco mais de R$ 2 milhões pelos exames realizados. Todos os valores, listados por mês, estão disponíveis no Portal da Transparência Municipal do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

No último balanço divulgado em agosto de 2018 pela prefeitura de Embu das Artes no Portal da Transparência, foi anunciado que diversas especialidades tiveram a fila zerada, entre elas: angiologia, cardiologia, dermatologia,  endocrinologia, ortopedia, otorrinolaringologia, proctologia, reumatologia e urologia. Além destes, a prefeitura ainda afirmou que zerou 20 tipos de ultrassonografia, ecocardiograma e holter 24h.

Nos anúncios sobre o Programa Fila Zero, a Prefeitura disse que, em 2017, existiam 27 mil pessoas esperando para fazer exames. Alguns estavam há anos aguardando por atendimento laboratorial. Graças ao programa
em menos de 3 meses a fila dos exames médicos foi zerada e o programa continuar até hoje.

Segundo informações da Prefeitura, 58 mil pessoas foram atendidas em menos de um ano do programa.

A Voz do Popular não conseguiu confirmar as informações da Prefeitura de Embu sobre a fila de espera e atendimentos realizados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s